domingo, 30 de janeiro de 2011

Vai vendo.


Desde pequenininha me ensinaram que mentir é uma das coisas mais feias do mundo. Lembro que, quando eu passei a entender realmente o sentido disso, preferia apanhar por assumir algo que eu realmente tinha feito do que apanhar por mentir.
Eu sei que não vou mudar o mundo, nem as pessoas, nem as mentiras que elas contam e sustentam por aí; como também não vou mudar a minha intolerância com quem mente e age como se tudo fosse um mundo cor de rosa.
Eu já menti também e apanhei várias vezes pra não ter que fazer isso... eu já bati várias vezes em quem eu sempre achei que mentia... e aí você, com sua pacificidade, vem e me fala que violência não resolve nada, que é um absurdo eu escrever essas coisas e que eu talvez esteja arrumando uma justificativa para consertar toda a minha agressividade contida. Pode até ser.
Mas, e você? E se um dia você descobrisse que sua vida sempre foi feita de mentiras? E se você tentasse ser outra pessoa só para agradar alguém? E se seu filho saísse de casa dizendo que vai no amiguinho enquanto a intenção dele é passar bem ali numa boca de fumo? E se seu marido fosse homossexual? E se você, namorada apaixonada, descobrisse as traições de quem fala que te ama todos os dias? O que você faria?
Das verdades que aparecem no mundo que a gente constrói, 75% delas são mentiras. É cômodo dizer o que é conveniente, mas não real. É facil dizer que se está no sul enquanto a bússola aponta pro norte.
As pessoas nem sempre estão onde deveriam estar, nem sempre cumprem o que prometem, nem sempre dormem no horário que dizem que vão dormir e nem sempre estão dormindo quando o telefone toca.
Eu sei das mentiras de tanta gente que às vezes eu queria é que esse circo pegasse fogo e que os bombeiros entrassem em greve.

Quem mentiu pra você hoje?
Você mesma(o)?

5 comentários:

paula disse...

putz... acho que a gente mente pra gente mesmo todos os dias, sabe? quando eu li o texto eu pensei no quanto de coisas eu já menti, ou omiti, sei lá, de mim mesma... quantas vezes menti que não tava triste e chorei sozinha, quantas vezes disse "tô satisfeita", querendo mais um pedaço... se isso não é o começo de grandes mentiras, é o que??

amei seu texto, embora tenha me descoberto mentirosa...

beijo!
=)

.Intense. disse...

hoje? provavelmente pra mim mesma.


eu fui criada ouvindo dizer que não existe mentira que fique escondida pra sempre. e acredito nisso, e o universo já me provou diversas vezes. sei que "As pessoas nem sempre estão onde deveriam estar, nem sempre cumprem o que prometem, nem sempre dormem no horário que dizem que vão dormir e nem sempre estão dormindo quando o telefone toca.". e sei o quanto dói, o quanto a gente desce do salto e é capaz de ficar agressiva e até violenta quando se depara com esse tipo de coisa.


eu não soube o que fazer com essa 'realidade'. eu optei por o que fazer comigo: eu não minto. primeiro que minto mal pra caramba, me enrolo, faço a história ficar longa, dou muitos detalhes e, como não são verdadeiros, depois esqueço. sobretudo, não minto pq o sentimento de culpa me consome. fico me sentindo vigiada pelo FBI. como se fosse ser pega a qualquer momento - e desmascarada. se eu já sou obrigada a conviver com a dos outros, pra que me infligir isso? obrigada, eu passo.

agora, as mentirinhas que contamos pra nós mesmos...eu não sei. seria possível viver sem elas? não acredito. sei que, não vamos acreditar sempre, e nem nas mesmas, por toda a vida. um dia o copo enxe. e é aí que começa o problema.


lembrei de
"E quem pode comigo quando eu digo tudo o que sinto?" (Caio F.)

Sara só disse...

Me fez refletir.
Mentiras, realmente, não levam à nada.

Cleber B. Gouveia disse...

Olá...vi que estuda enfermagem na ESCS, aqui em Brasília, e gostaria de ter referências sobre a faculdade, sobre o ensino... por não seguir a grade corricular tradicional, estou meio perdido sobre o aprendizado. Tem como dar uma ajuda? Meu email é: batistagouveia@gmail.com

C. disse...

"Mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira", lembrei dessa música do Legião...

Toda mentira é horrível, mas numa escala de 1 a 10, creio que essa a que o Legião se referiu esteja em primeiro lugar.