segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Erst wird es Heiss, dann Kalt, am Ende tut es weh.

Quem você pensa que é pra achar que tem tanta importância na minha vida? Eu já vivi tantas vezes sem você, não é agora que tudo vai mudar. Hoje eu me arrependo profundamente pelas milhões de vezes que já comprei briga por tua causa, me arrependo por já ter tentado provar o quanto você é importante. É? Não,o quanto você era.
Se você escolheu conviver comigo,ótimo. Mas,vê se agora cai na real,e passa a enxergar que a minha vida não te pertence.Ela é minha,e eu faço o que bem entender dela. Você com essa pose toda de quem sempre é bom,de quem sempre faz bem não me engana.Sabe porque? Porque você é um belo de um mentiroso!
Quantas vezes eu fui tola de acreditar em você pra sempre acabar quebrando a cara no final da história. Pois hoje eu quero que você saiba que acabou. Cansei de você.Do mesmo modo que eu quero que aquela pessoa pegue as coisas dela e suma de uma vez por todas,eu também quero que você faça. E não precisa se preocupar em se despedir,porque você não vai fazer falta. A sua ausência não vai me deixar nenhuma saudade,nenhuma lembrança boa, nada que me faça te querer de volta.
Se eu pudesse te encontrar agora ,a única coisa que te diria é que você vai tarde. Tchau. Não venha querer me fazer acreditar que é você novamente que está fazendo tudo isso acontecer na minha vida.Já disse, eu não acredito mais em você.Se você fosse realmente bom o bastante, nada disso estaria assim. Se você realmente se importasse com o que eu penso,teria escutado muitos dos meus pedidos.
Lembra que até semana passada eu achava que ainda poderia te dar uma chance? Eu juro,acreditei em você.Deixei você ficar aqui perto de mim, deixei você me ver dormir e acordar acreditando que tudo poderia mudar...e, para isso, bastava eu apenas te dar uma chance.Eu te dei essa chance.E o que você fez? Estragou tudo.De novo. Pode ser que você sinta prazer em brincar com a minha cara,em fazer piada com a minha vida e com os meus sonhos.Se for isso,cai fora! Já existe gente demais pra fazer isso no teu lugar.
Além de mentiroso,você está ficando cego também?Pára de tentar me fazer pensar que é você que faz aquele telefone tocar,que é você que me faz escrever coisas sem nexo,que é de você que eu preciso. Eu já aceitei a idéia de que na minha vida você não existe. E,pelo jeito,não vai existir nunca.
É melhor eu te mandar embora de vez...antes que eu volte a me comportar como quando eu tinha meus belos 15 anos e achava que você era a coisa mais importante da minha vida. Foi você quem inventou de me trazer aquela pessoa e é você quem me faz lembrar dela até hoje. Eu que fui uma tremenda de uma idiota por ter deixado você continuar comigo. Agora você acha que tem seu espaço garantido na minha vida e quer fazer a mesma coisa de novo. Pra quê? Pra me ver sofrer,né?
Não! Agora a história comigo vai ser diferente.
É,senhor amor... Até daqui a pouco. Até nunca mais.

9 comentários:

Davi Arloy disse...

Eita! Sou a prova viva de que enfrentar a furia de uma mulher decidida não é muito legal. Mas, concordo cntgo, tem muito cara que não sabe cuidar de quem lhe quer bem e acaba sozinho no final. Mas é o jogo do amor né?! É a vida ..

Gostei do blog menina

Bjs

[ SeVeRoH ] disse...

Respondendo...

Novo, novo não é não, só pouco atualizado, hehehehe!

Coloquei o seus aqui nos favoritos. Daqui a pouco volto pra comentar sobre o que vc escreveu.

Bjs!

Rafael Portillo disse...

Bom, falar é mais fácil do que fazer.
E o amor é algo traçoeiro e prazeroso, que na primeira fraquejada pega a gente em cheio.
Boa Sorte...

Oh, cupido, vê se me deixa em paz...

[ SeVeRoH ] disse...

Esse "Sr. Amor" vive atrapalhando a vida de todo mundo mesmo!

;D

Muito bom o seu blog!

Teresa disse...

Calmaaaaaa
hehehe
não despensa o pobre do amor assim não, coitadinhoooo.

ele é sensível! hehehe

=*

Marcela! • disse...

O amor às vezes é meio doido, mas mandá-lo embora não vai adiantar muito...ele sempre dá seu jeitinho de aparecer! ;)

Gostei do blog!
^^

Beijos ;*

caio teixeira disse...

Correndo perigo de provocar a fúria feminina - na realidade, tendo a certeza de estar fazendo isso - devo dizer: não é muita covardia afastar o amor por causa de uma decepção? Ok ok, eu sei que não é permamente, não tem como. Mas assim, escrever todo um texto ululando por uma distância que todos sabem que não vai rolar é um tanto quanto hollywoodiano demais, certo? Mas também, quem sou eu para falar? Afinal, já fiz isso também. De qualquer forma, espero que não me odeie e não leve como ofensa pessoal. Se o fizer também, ok, nada que uma gelada não resolva! Aliás, chame esse indivíduo para tomar umas e resolver suas diferenças, sempre resolve!
Até

Fire disse...

Num se preocupa não que depoisele volta com uma roupa maisbonita, um corte de cabelo diferente e a gente acaba aceitando ele de novo =P

Dama de Cinzas disse...

Po isso é bom ter um blog! Para a gente soltar todos nossos demônios!

Beijos