quinta-feira, 1 de maio de 2008

Diva!

Te contei que ontem o ócio tomou conta de mim e,sob um surto de organização, comecei a arrumar o meu Orkut? Excluí metade daquela bando de gente que eu não suportava mais e que, por incrível que pareça, eu nem sabia de onde vieram.
Ah! Sabe aquelas comunidades toscas que eu fazia questão de entrar só porque eu as achava bonitinhas? Saí de todas elas. Sei lá, não me acrescentavam em nada. Para te dizer a verdade, ninguém tem me acrescentado em nada ultimamente. Acho que você deve ter noção do que é isso...
Enfim.
Arrumei meus álbuns. Separei as fotos por temas, até criei uma capinha diferente para cada um. Ficou legal. Tudo coloridinho, bonito e arrumado. E, por falar em álbum, fiz um pra você. Em meio a tantas fotos lindas que você tem, tentei colocar as que eu sempre achei que fossem as melhores. Achei lindo!
Mas, como sempre, se nem o pobre coitado do Jesus agradou a todos, quem seria eu para agradar,né? Acredita que fui criticada por causa do meu álbum? Ou melhor, dá pra acreditar que fui criticada por causa do teu álbum?
Revidei, lógico. Afinal de contas, quem tem que decidir quem é ou não digno de participar dos meus álbuns, sou eu mesma. Fiquei pensando em qual seria a tua reação se você ouvisse o que eu ouvi. "Ela é uma bêbada,louca..." No mínimo seria mais um soco que você daria como você fez com o cara que te irritou semana retrasada. Quer saber? Tem dias que eu deveria parar de me conter tanto e pensar como você. Eu me sentiria bem mais aliviada.
Mais ridículo ainda foi que isso saiu de uma pessoa que pretende trabalhar exatamente na área que lida com todos os tipos de pessoas com os mais variados problemas. Quem sabe daqui há alguns anos eu tome umas e outras e apareça por lá a procura de uma consulta. O mínimo que eu ouviria seria um "sai daqui sua bêbada louca,você não é digna de adentrar em meu consultório!"
Fazer o quê se a gente é ralé,né?
Gente culta é outra história. Aprendem um pouquinho e já se acham os donos da vida dos outros. Por isso que eu prefiro continuar com o meu gosto que, aos olhos dela, é burrice. Você bebe o tanto que quiser, eu falo o que eu quiser e fica tudo bem.
Tu não bebe às minhas custas mesmo. Né não,colega?


2 comentários:

Natália Coelho disse...

Adorei o layout do seu blog e o título muito criativo.
Já seu texto acho que é bem pessoal né?Não deu pra entender muito bem.
E nada no orkut acrescenta alguma coisa à alguém,mas eu tô lá!hehehe
Abraço

Mary West disse...

Opa! Tenho q fazer isso um dia, coisa de menina organizada heim? ;)